+55 (11) 4793-6588

Alunos de agronegócio conhecem o processo de manutenção da grama de estádio em Mogi das Cruzes

Objetivo da visita foi mostrar aos alunos o amplo campo de atuação do profissional da área.

Alunos do curso de agronegócio de uma universidade de Mogi das Cruzes literalmente entraram em campo pra uma aula bem diferente, nesta quinta-feira (2). Eles foram até o estádio do Nogueirão, na Vila Industrial, conhecer a manutenção da grama esportiva.

Os estudantes conheceram a influência do gramado no resultado do jogo, por isso entenderam como é feito o cultivo da grama e os cuidados para mantê-la sempre verde.

O que pouca gente imagina é que esta parte do campo está totalmente ligada ao curso. “Eu tinha uma ideia de que agronegócio cuidava mais da parte de plantar alimentos e cuidar de animais, mas depois eu descobri que cuida também da parte de esportes” conta o aluno Yago Todaguma.

Nesta época do ano, o gramado depende também das sementes de inverno. “É um material que a gente usa para fazer uma semeadura sobre o gramado de verão, para que neste período de abril a agosto, em que a temperaturas são mais baixas, a gente tenha o gramado sempre verde e as duas gramas consorciadas”, explica o engenheiro agrônomo Hélio Gondim.

Toda essa metodologia é ensinada em sala de aula aos alunos e o resultado desta mistura tem dado resultado em campos do Brasil afora.

O empresário Miguel Campanelli conta que o que caracteriza a qualidade da grama é que ela consegue germinar em condição climática baixa. “Ela também suporta quando a temperatura vai a 27 graus. Não por muitos dias, mas elas têm este nível de resistência”, explica.

Esse leque de possibilidades no agronegócio tem contribuído para o bom desempenho do setor. Os dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada mostram que o PIB do agronegócio paulista representa 20% do brasileiro.

No estado, a participação na economia é de 15%. Nesse workshop, a ideia é abrir a mente desses alunos pra um mercado versátil e promissor. Cabe a eles a opção de mirar e acertar o gol num campo ainda pouco explorado, como o segmento esportivo.

“A gente estabelece para eles o que é o que é gestão de negócio e em agronegócio. Toda a parte de comercialização de sementes e insumos, importação, atividade que vai englobar um crescimento totalmente amplo no futuro deste profissional”, pontua o coordenador do curso na Fatec de Mogi, Rafael Bueno.

Link: https://g1.globo.com/sp/mogi-das-cruzes-suzano/noticia/2018/08/02/alunos-de-agronegocio-conhecem-o-processo-de-manutencao-da-grama-de-estadio-em-mogi-das-cruzes.ghtml

Por Gabriela Stuart e Leandro Melo , Diário TV, em G1
02/08/2018 21h08 Atualizado 02/08/2018 21h08
Compartilhe...
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin